• Museu do Pão
  • Soberanas 2015
  • Parque do IBAMA
História

História

 

História

Ilópolis significa Cidade da Erva-Mate, etimologicamente originada do latim e do grego (Ilo, do latim significa Erva-Mate, e Pólis do grego significa Cidade).

 

Dados Gerais:
População: 4.102
Área da unidade territorial (Km²): 116,481
Densidade demográfica (hab/Km²): 35,22
Gentílico: ilopolitano
Sinopse do Censo Demográfico 2010
População residente: 4.102 pessoas
População residente urbana: 2.207 pessoas        
População residente rural: 1.895 pessoas        
Homens na área urbana: 1.055 homens        
Homens na área rural: 1.000 homens               
Mulheres na área urbana: 1.152 mulheres        
Mulheres na área rural: 895 mulheres      

 

A Emancipação:
O movimento emancipacionista de Ilópolis, Distrito do Município de Encantado/RS, surgiu em 1958. Em 1962, foi constituída uma Comissão Pró-Emancipação com a finalidade de promover a emancipação de Ilópolis. A Comissão foi composta pelos seguintes Srs.:
 
- Presidente: Hermínio Guilherme Bozzetto;
- 1º Vice-presidente: Orlando Antônio Lucca;
- 2º Vice presidente : José Predebom;
- 1º Secretário: Danilo Tomasini;
- 2º Secretário: Décio João Bozzetto;
- 1º Tesoureiro: Ermes Tomasini;
- 2º Tesoureiro: Lindo Predebom.

Esta Comissão contou também com o apoio do então Deputado Estadual Lidovino Fanton, que contribuiu de todas as maneiras possíveis para que se alcançassem os objetivos almejados.

Em 1963 foi sancionada a Lei nº 4.612 de 21 de novembro, autorizando a consulta plebiscitária no distrito de Ilópolis no dia 08 de dezembro de 1963. Diante do resultado favorável à emancipação de Ilópolis o Governo do Estado do rio Grande do Sul criou o Município de Ilópolis, sob a Lei nº 4.687 de 26 de dezembro de 1963.


Localização:

O Município de Ilópolis está localizado na encosta superior nordeste do planalto meridional, nas bordaduras da serra geral, na região alta do vale do Taquari. Limitando-se com os municípios de Arvorezinha, Anta Gorda e Putinga.

Relevo e Hidrografia:
O relevo do território Ilopolitano apresenta características comuns aos demais municípios localizados nas cercanias da serra geral. Sua formação rochosa tem predominância de rochas basálticas, sua topografia é colinosa, com altitude oscilando entre 600 e 800m.

A hidrografia do município é bastante simplificada, uma vez que não há rios dentro dos limites de seu território, havendo apenas ocorrência de arroios, sendo eles o arroio Pecca, arroio Cinco Voltas e arroio Tunas. Também existe a cerca de 1Km do centro da cidade, uma barragem artificial de 1.780m².

Clima:
O clima de Ilópolis está inserido na classificação que o define como subtropical temperado e úmido. O inverno costuma ser rigoroso, com possibilidades de geadas entre os meses de maio e setembro, onde as temperaturas mínimas absolutas muitas vezes são inferiores a 0ºC. Não é corriqueira em Ilópolis a ocorrência de estação seca, sendo que mesmo nos meses que integram o auge do verão a precipitação pluviométrica costuma ser regular.


Solo:
Embora existam sensíveis variações em pontos esparsos de seu território, predominam no município o solo argiloso, medianamente profundo, moderadamente drenado, mediamente suscetível à erosão, ligeiramente acido e de média fertilidade natural.


Vegetação:
Originalmente a fisionomia do município era constituída por densas florestas tipo subtropical mista, consorciada com espécies recorrentes da antiga mata atlântica. As predominâncias são: araucária angusttifolia popularmente conhecida como Pinheiro Brasileiro ou Pinheiro do Paraná e também a erva mate Ilex paraguariensis, é bastante significativa a ocorrência de outras como xaxins, bromélias, canelas, cedros e ipês.


Comunidades:
Cinco Voltas, Monte Bérico, São Francisco, São Brás, Santo Antônio, Linha Tunas, Linha Pecca, Linha São João, Linha Gramadinho, Linha São Valentin, Linha São José, Linha Borges de Medeiros, Linha Santo Antão, Linha Jacó Panis, Linha Usina, Linha Maria Quitéria, Linha São Roque e Linha Terceira.

Hino:
O Hino do Município de Ilópolis, instituído com símbolo do Município, teve sua letra e música criada por Roni Peterson (pseudônimo), autor da letra Sr. Reonil Domingos Tesser, e foi oficializado pela Lei Municipal nº 1397/2003 de 13 de novembro de 2003.


Letra do hino:

 És o sonho de quem vive aqui
E te tem como um lar de amor
Um cantinho lindo e pequenino
Muito grande é o teu valor

Imigrantes outrora vieram
Pra fazer o teu nome aparecer
Fica em nós o grande compromisso
De preservar-te e fazer-te crescer

Tuas paisagens retêm a história
Os ervais é teu nome quem diz
Ilópolis não me sai da memória
Eu te adoro ó cantinho feliz
 Tua bandeira liberta e culta
Determina a verdade e a esperança
Caminhada de homens que lutam
Em prol desta terra que avança

Berço livre os teus filhos te amam
No teu seio eu quero ficar
Paz e glória ó terra querida
És meu chão minha vida e meu lar

Tuas paisagens retêm a história
Os ervais é teu nome quem diz
Ilópolis não me sai da memória
Eu te adoro ó cantinho feliz.


Símbolos oficiais:
A Bandeira do município fora instituída pela Lei nº 111/75 de 16 de maio de 1975, que tem como cores oficiais o verde e o branco, em três faixas verticais com as mesmas dimensões, representando:

a) o verde, a riqueza do solo e a esperança na crescente afirmação dos empreendimentos no município;

b) o branco, a mensagem de paz de seu povo.

Consta ainda que a cor verde é disposta nas faixas das extremidades externas, e a cor branca na faixa do centro da bandeira. Por sua vez, no centro da faixa branca consta o brasão do município.
 

O Brasão foi oficializado como símbolo do município através da Lei Municipal nº 1248/2001 de 10 de outubro de 2001, com as seguintes figuras representativas:
-    TORRES: 04 Torres simbolizando os Três Poderes: Executivo, Legislativo e Judiciário e a 4ª torre simbolizando o Povo;
-    A CRUZ: Simboliza a fé de nosso povo;
-    O LIVRO: Simboliza a cultura;
-    O PINHEIRO ARAUCÁRIA: Representa os pinheirais, o verde de nossas matas;
-    GALHOS VERDES: Simbolizam a erva-mate:
-    Conterá ainda a inscrição 26-12-1963 (data da emancipação político administrativa do Município) e, por fim o nome da cidade Ilópolis.


A Erva-Mate:

A erva-mate, cientificamente denominada Ilex Paraguariensis é classificada como uma árvore de pequeno porte, podendo atingir cerca de 12m de altura. Quando cultivada de forma mais racional e submetida a podas periódicas, tende a medir entre 2,5 a 6m de altura.

Sabe-se, que desde os primórdios de sua colonização a descendência italiana, a erva-mate já era extrativada de forma bastante rústica pelos primeiros habitantes da área. As folhas eram extraídas das árvores nativas e condicionadas de forma bastante artesanal que culminava na moagem das folhas com utilização de pilões ou manjolos.

Obs.: Recomenda-se visitar o processo histórico da erva-mate localizado no parque do Ibama.
Prefeitura Municipal de Ilópolis - Rua Conselheiro José Bozzetto, 987 - Ilópolis - RS - (51) 3774-1322
Símbolo RV Digital
Desenvolvido por:
Logomarca RV Digital